Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

contrast-40
lupa-40
Tese e Dissertação

Puberdade e características da dinâmica folicular de novilhas F1 Holandês x Gir com fenótipos divergentes para consumo alimentar residual

Autor

  • Resumo do trabalho
    • Resumo do trabalho
      • Este trabalho foi realizado com os seguintes objetivos: a) estudar e caracterizar os parâmetros reprodutivos até a primeira concepção, incluindo-se idade e peso à puberdade, comportamento de estro, dinâmica folicular, resposta a protocolos hormonais e fertilidade em novilhas F1 HG. A dinâmica folicular ovariana foi estudada durante o ciclo estral natural, após indução de estro com prostaglandina F2α, e após protocolo com progesterona e estrógeno. A idade e peso a puberdade foram de 340,2 ± 27,6 dias e 342 ± 25,0 kg, respectivamente. Os percentuais de detecção de estro foram de 94%, 84% e 100% para estro natural, induzido com prostaglandina F2α e após protocolo com progesterona e estrógeno, respectivamente. O padrão de ondas foliculares durante o ciclo estral natural predominou com animais apresentando três (60,6%), com relação a animais com duas (39,4%), respectivamente. O intervalo de ovulações e o diâmetro do folículo ovulatório foram de 18,8 ± 1,0 e 21,8 ± 1,8 dias e de 15, 7 ± 1,4 e 14,7 ± 1,1 milímetros para novilhas F1 HG com duas e três ondas, respectivamente. Os intervalos dos estros às ovulações foram de 25,4 ± 4,1 e 25,3 ± 6,2 horas para estros naturais ou induzido com PGF2α, respectivamente. A taxa de gestação à primeira inseminação artificial foi de 80% e não correram perdas embrionárias; b) relacionar a eficiência nutricional com idade e peso à puberdade e alguns parâmetros reprodutivos em novilhas F1 HG. Foram estudadas em 35 novilhas F1 HG que foram ranqueadas para eficiência alimentar utilizando como parâmetro o consumo alimentar residual (CAR). As novilhas apresentaram idade à puberdade, em média, aos 339,7; 346,4; 315,3 dias, para alta eficiência, eficiência intermediária e baixa eficiência, respectivamente, apresentando diferença estatística (P<0,0001). O peso à puberdade para novilhas com alta eficiência, eficiência intermediaria e baixa eficiência foi, em média, de 321 ± 28,1kg não apresentando diferença entre os grupos de CAR. Diâmetro (mm) e taxa de crescimento (mm/dia) folicular não apresentaram diferença entre os grupos de CAR. Não foi observada nenhuma correlação entre os parâmetros reprodutivos de diâmetro folicular (mm), taxa de crescimento do folículo (mm/dia), número de ondas foliculares no ciclo estral natural e taxa de gestação na 1ª IA (%) com o grupo de CAR.

        Palavras-chaves: dinâmica ovariana, puberdade, eficiência alimentar, reprodução.

Defesa

Banca

Alan Maia Borges
José Reinaldo Mendes Ruas
Sandra Gesteira Coelho

Orientador

Junho de 2024
D S T Q Q S S
01
02030405060708
09101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Acompanhe a Escola