Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

contrast-40
lupa-40
Tese e Dissertação

Indicadores termográficos, clínicos e laboratoriais para o diagnóstico precoce da mastite em Fêmeas bovinas

Autor

  • Resumo do trabalho
    • Resumo do trabalho
      • Objetivaram-se determinar os indicadores clínicos, laboratoriais e termográficos para o diagnóstico precoce da mastite em vacas de diferentes ordens de lactação. Foram realizadas análises clínicas e laboratoriais de 123 fêmeas bovinas, classificadas quanto a ausência de alterações no leite, mastite clínica e mastite subclínica. Dentro dos seis primeiros meses de lactação realizaram-se 24 horas antes da ordenha exame clínico e exame do úbere e, imediatamente antes da ordenha a termografia mamária, teste da caneca de fundo preto, CMT, CCS e CBT. A termografia foi realizada em dois momentos pré-ordenha e pós-ordenha e em diferentes projeções. Foi determinada a capacidade da termografia em detectar precocemente a mastite subclínica. O exame termográfico apresentou sensibilidade de 80 % e especificidade de 25,8 % em um ponto de corte de 200 x 103 cel / mL. No ponto de corte para CBT em 30 x 103/ mL a sensibilidade foi de 80 % e a especificidade 42,57 %. A melhor projeção para a obtenção do termograma mamário é a vista caudal para os quartos posteriores e lateral para os anteriores, e pode ser realizado antes ou após a ordenha, sem prejuízo na detecção da mastite subclínica.

        Palavras chave: Termografia, bovino, saúde do úbere, mastite

Defesa

Banca

Prof. Maristela Silveira Palhares (Presidente – Orientadora)

Prof. Paulo César Amaral Ribeiro Silva

Prof. Mônica Maria Oliveira Pinho Cerqueira

Prof. Leonardo Andrade Leite

Prof. Valentim Arabicano Gheller (Co-Orientador)

Orientador

Junho de 2024
D S T Q Q S S
01
02030405060708
09101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Acompanhe a Escola