Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

contrast-40
lupa-40
Tese e Dissertação

Avaliação de características espermáticas após desafio laboratorial que mimetiza condições uterinas e sua relação com resultados de fertilidade a campo

Autor

  • Resumo do trabalho
    • Resumo do trabalho
      • O presente estudo teve por objetivo avaliar diferenças na resistência in vitro de amostras de sêmen bovino descongelado, depois de serem submetidas a um desafio laboratorial que mimetiza condições do trato reprodutor das vacas, a fim de comparar as características seminais in vitro com a fertilidade in vivo dos diferentes touros avaliados. Foram utilizadas doses de sêmen de 6 touros, sendo avaliada uma partida de cada touro e três repetições por partida (n = 18). Para cada partida de sêmen, o seguinte procedimento foi realizado: inicialmente, a dose de sêmen (500 µL) foi descongelada à 37ºC por 30 seg (Grupo Controle) e foram avaliados: motilidade, vigor, concentração, morfologia espermática, funcionalidade da membrana plasmática (teste hiposmótico; HOST), análise computadorizada da cinética espermática (CASA) e análise da integridade de cromatina e morfometria espermática pelo teste de azul de toluidina. Em seguida, uma alíquota de 200 µL da amostra descongelada foi submetida ao teste de resistência seminal in vitro aqui proposto (chamado de desafio laboratorial). A alíquota de 200 µL foi depositada em gradiente descontinuo de Percoll (250 µL de Percoll 45% + 250 µL de Percoll 90%) e centrifugada a 410x g, por 10 min. Após centrifugação, removeu-se o sobrenadante e, no pellet formado, ajustou-se a concentração em meio TALP (5×106 sptz/mL) e adicionou-se heparina (5 µg/ml). Essa amostra foi então incubada a 38,5ºC, por 2h, em estufa com 5% de CO2, 5% de O2 e 90% de N2. Ao final do presente desafio laboratorial, as mesmas análises seminais descritas para o grupo controle foram realizadas (Grupo Desafio). Por fim, as características seminais in vitro foram comparados com os resultados de fertilidade in vivo destas partidas de sêmen. Os dados de campo foram analisados por Regressão logística. Os resultados laboratoriais foram analisados por ANOVA e a comparação de medias. Em todos os testes foi considerado 5% de significância pelo software R. A taxa de concepção (TC) total dos seis touros foi 49% (n= 890 vacas). O efeito do touro foi o fator mais importante (P = 0,007) no modelo geral da TC das vacas aos 30 dias após inseminação. Não foi observado efeito do ECC (P = 0,459), inseminador (P = 0,562) ou lote de fêmeas (P = 0,398), nem das interações (P > 0,05). Detectou-se maior (P < 0,05) fertilidade a campo do touro 6 em comparação aos touros 1 e 2. Com relação aos parâmetros seminais após a descongelação, foi observada maior (P = 0,0051) integridade de membrana (HOST) no touro 1 do que no touro 6. Adicionalmente, o touro 1 apresentou maior (P = 0,0001) fator de forma, menor (P = 0,0025) simetria antero-posterior e maior (P = 0,0141) Fourier 1 do que o touro 6. Na avaliação após o desafio, foram observadas maior motilidade visual (P = 0,0002) e vigor (P = 0,0005), no touro 6 do que no touro 1. Após o desafio, com relação as características morfométricas dos espermatozoides, apenas no fator forma as diferenças entre os touros 1 e 6 se mantiveram presentes, inferindo ser esta característica intrínseca ao touro 1. Na integridade do DNA, não foram observadas diferenças entre os touros estudados, antes ou após o desafio. Conclui-se que o desafio laboratorial aqui proposto permitiu identificar diferenças na resistência in vitro de amostras seminais de diferentes touros, considerando os parâmetros motilidade visual e vigor, funcionalidade da membrana plasmática e motilidades total e progressiva do CASA. Entretanto, maiores estudos se fazem necessários para confirmar a real capacidade do presente desafio laboratorial de identificar touros de maior e/ou menor taxa de concepção.

        Palavras-chave: Fertilidade, efeito touro, desafios laboratoriais, características espermáticas.

Defesa

Banca

Leticia Zoccolaro Oliveira
Andre Maciel Crespilho
Manoel Francisco de Sá Filho
Gabriel Augusto Monteiro

Orientador

Junho de 2024
D S T Q Q S S
01
02030405060708
09101112131415
16171819202122
23242526272829
30

Acompanhe a Escola