Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

contrast-40
lupa-40
Projeto

Avaliação e acompanhamento psico-pedagógico na rotina dos residentes em Medicina Veterinária na Escola de Veterinária da UFMG

Cursos da área de saúde, em suas práticas, confrontam o aluno com situações que remetem à vida e a morte , que invocam sentimentos de luto e frustrações, além de ansiedades relacionadas à prática profissional como mercado de trabalho, salário e carga de trabalho. Estes sentimentos podem ser elaborados e direcionados ao amadurecimento necessário ao bom profissional. Para os veterinários existem o acréscimo da exigência de amplo conhecimento para a preparação necessária ao se atender organismos de estrutura tão diversas, como fator ansiogênico diferenciado das áreas de saúde humana.

Segundo Tomlin, Brodbelt, and May (2010) o trabalho como veterinário é percebido como estressante por mais de oitenta por cento dos cirurgiões veterinários, além de reportarem pior percepção de bem estar em relação à outras profissões.

Considerando-se o estress inerente à função, a decisão de se tornar veterinário não deve ser feita sem grande reflexão, embora muitos dos alunos assumam esta escolha ainda muito jovens, impulsionados principalmente por um interesse em se trabalhar com animais. Tomlin, Brodbelt, and May (2010)

Estes autores relatam ainda que expectativas acadêmicas irrealistas podem promover um estilo de vida desequilibrado, levando à exaustão física e emocional, depressão e dependências químicas.

Desta forma, passa a ser de interesse da clínica de veterinária da UFMG assim como dos professores que acompanham seus alunos, um acompanhamento e avaliação que objetive uma melhor estruturação emocional de seus alunos.

A proposta do projeto de extensão objetiva caracterizar os alunos da residência em veterinária em relação aos seus anseios profissionais, com o objetivo de se acompanhar e assistir para oferecer suporte emocional e pedagógico suficientes para a formação de um bom profissional. |Além disso, o projeto tem como objetivo determinar parâmetros que possibilitem oferecer ao Programa de Residência em Medicina Veterinária da UFMG referências para análise psicotécnica de candidatos e residentes, que possam melhorar o rendimento profissional dos residentes.

A caracterização e acompanhamento dos residentes, oferecerá conhecimento do perfil do aluno ao longo dos anos para embasar propostas de aperfeiçoamentos e adequações no curso e no processo de seleção.

O projeto, quando identificado a necessidade, indicará tratamento psicológico e ou médico para os alunos que precisarem.

Tomlin, Brodbelt, and May (2010) destaca a depressão entre os estudantes de veterinária se manifesta de maneiras sutis, como no aumento da irritabilidade, na diminuição da concentração, tomada de decisão e capacidade de memória, o que aumenta o fator de risco para a ideação suicida. Ainda segundo estes autores, a taxa de autoextermínio entre os veterinários é de até três vezes o valor da população geral, dado que merece atenção de pesquisadores e profissionais da área. Com isso queremos fazer avaliações psicoemocionais e pedagógica do aluno da graduação, residência e pós-graduação em veterinária.

Link do projeto no SIEX/UFMG: https://sistemas.ufmg.br/siex/VerIdentificacao.do?id=83866&tipo=Projeto

  • Contatos
    • E-mail
      • marcosxavier@ufmg.br

    • Contatos
      • Coordenador: MARCOS XAVIER SILVA  marcosxavier@ufmg.br Escola de Veterinária

        Departamento de Medicina Veterinária Preventiva

  • Projeto
    • Em atividade
      • Sim

Outros Projetos de Extensão

Acompanhe a Escola