Aluno da Escola ganha o Grande Prêmio da iniciação científica da UFMG

07.12.2021

O aluno Luís Fernando Lara Resende, da Escola de Veterinária da UFMG, ganhou na última semana o Grande Prêmio Profª Conceição Ribeiro da Silva Machado, concedido por pesquisadores de fora da Universidade Federal de Minas Gerais para o trabalho de iniciação científica de maior destaque na UFMG. O prêmio recebido por Luís se deu na categoria de Ciências da Vida, ou seja, o trabalho do aluno concorreu com projetos produzidos nas Ciências Biológicas, Medicina, Farmácia, etc.
 
Luís, sob a orientação do Professor Henrique César Pereira Figueiredo, do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva, realizou pesquisas sobre o patógeno Lactococcus garvieae, bactéria emergente no Brasil que vem causando grandes prejuízos para piscicultores de tilápia em todo o país, por causar um alto grau de mortalidade. Parte do trabalho foi realizado durante a pandemia de Covid-19, respeitando as devidas medidas de controle e segurança. Segundo Luís e Prof. Henrique, o trabalho é de extrema importância, pois, apesar de afetar culturas de tilápia, o peixe mais cultivado no Brasil, o patógeno não é muito pesquisado no país.
 
O objetivo da pesquisa era caracterizar geneticamente a bactéria Lactococcus garvieae, para a isso, foram realizadas culturas da bactéria em peixes de pisciculturas de Minas Gerais, Mato Grosso e São Paulo. A utilização de materiais de diferentes pisciculturas possibilitou que a equipe descobrisse o comportamento específico da bactéria no Brasil, em destaque uma variante que não havia sido observada em nenhum outro lugar do mundo.
 
Ao final dos estudos, a equipe descreveu novas variantes genéticas de Lactococcus garvieae no Brasil, sendo uma destas variantes detectada pela primeira vez no mundo. Além disso, o estudo demonstrou que algumas cepas dessa bactéria apresentam resistência aos dois antimicrobianos licenciados para pisciculturas brasileiras: Florfenicol e Oxitetraciclina. Como solução para este problema, a equipe sugere aos produtores o uso de vacinas autógenas, que podem ser feitas a partir de cepas de Lactococcus garvieae isoladas das próprias fazendas onde os surtos ocorrem. 
 
O Grande Prêmio Profª Conceição Ribeiro da Silva Machado deu a Luís uma sensação de dever cumprido, disse ele em entrevista, além de gratidão pelo reconhecimento pelo trabalho. O aluno da Medicina Veterinária está no 8º Período do curso e desde o início se foca na área da Piscicultura, participando de pesquisas e iniciações científicas na área.
 
Para o professor Henrique, assim como Luís, o prêmio serve também como um estímulo, pois o reconhecimento do trabalho realizado em iniciação científica motiva os alunos a se dedicarem cada vez mais em sua formação.
 
Compartilhe:

Escola de Veterinária da UFMG
Av. Antônio Carlos 6627
Caixa Postal 567, campus Pampulha da UFMG
CEP: 31270-901. Belo Horizonte, MG
TELEFONE DA ESCOLA: +55 31 3409-2001
WHATSAPP DA ESCOLA: +55 31 98661-8229
Hospital Veterinário da UFMG
Av. Presidente Carlos Luz, 5162
TELEFONE DO HOSPITAL VETERINÁRIO: +55 31 3409-2000 ou +55 31 3409-2276