Confira como foi a realização do Projeto Agha, em Igarapé

04.12.2018

O Projeto Agha (Ação Global Homem-Animal), coordenado pelo professor Rafael Faleiros, esteve em Igarapé nesse sábado, 1 de dezembro. Essa edição do projeto contou, pela primeira vez, com a utilização do centro-cirúrgico móvel, adquirido pela Escola no início desse ano. A iniciativa levou ao município conhecimentos a respeito de saúde pública e da Guarda Responsável, além de realizar castrações gratuitas em mais de 70 animais da localidade. 
 
 
Ex-aluna da Escola de Veterinária e responsável pelo departamento de zoonoses da Prefeitura de Igarapé, Livia, enfatiza a importância das atividades realizadas pelo projeto. “O Agha é muito importante para a cidade, pois agrega a possibilidade da castração e do controle populacional aqui no município. Além disso, também conseguimos levar um serviço de qualidade e de apoio a população, ao prestar atividades de educação e saúde, voltadas para a guarda responsável dos animais”. 
 
Essa é a segunda vez que os alunos Gustavo e Michele participam do projeto. Segundo eles, essa experiência é um dever deles para com a população. “Acho muito importante isso que a gente devolve para a população. É muito bacana  ficar no laboratório, desenvolver  pesquisas, mas é melhor quando conseguimos devolver esse bem pra saúde pública em geral. Vemos as pessoas extremamente gratas com isso”, afirma Gustavo, do décimo período.
 
“É muito positivo, pois nós, como alunos de uma Universidade pública, devemos isso para a população. Também vemos o quanto o nosso conhecimento é válido para as pessoas. O projeto é para castração, mas não é só isso. É muito além disso, e gosto muito de estar nesse “além disso”, porque a gente traz informações pras pessoas, sendo essa a nossa responsabilidade como estudantes e como veterinários.”, aponta Michele.
 
    
 
Os alunos afirmam, ainda, que o projeto os agregam ensinamentos que não são abordados em sala de aula. “A clínica médica não é só atender o animal. E esse é um treinamento muito bom, pois é o contato com o tutor que vai fazer a diferença. A gente aprende aqui a lidar com várias pessoas diferentes”. 
 
Nilsa da Silva é uma das moradoras que tiveram seus animais atendidos pelo Projeto Agha. “Acho uma iniciativa de muita dedicação e carinho. É um ato de amor com a gente, já que não temos condições de pagar esse procedimento”, salienta. 
 
 
 
Compartilhe:

Escola de Veterinária da UFMG
Av. Antônio Carlos 6627
Caixa Postal 567, campus Pampulha da UFMG
CEP: 31270-901. Belo Horizonte, MG
TELEFONE DA ESCOLA: +55 31 3409-2001
WHATSAPP DA ESCOLA: +55 31 98661-8229
TELEFONE DO HOSPITAL VETERINÁRIO: +55 31 3409-2000 ou +55 31 3409-2276