Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

contrast-40
lupa-40
Notícia

Professora da Escola entra em lista da Forbes

A Forbes Brasil, conhecida por suas matérias sobre o mundo dos negócios, lançou na última sexta-feira, dia 15 de outubro, a Lista Forbes das 100 Mulheres Poderosas do Agro que, segundo a revista, mostra “quem são as super poderosas na produção de alimentos, pesquisa, empresas, foodtechs, consultorias, instituições financeiras, política, entidades, grupo e, mais do que nunca, influenciadoras digitais”. 
 
A professora Cíntia Labussière Nakayama, do Departamento de Zootecnia da Escola de Veterinária da UFMG é uma das mulheres da lista. Sobre a conquista, a professora disse: “Primeiramente foi uma surpresa porque eu não havia sido comunicada, até que as mensagens de parabenização começaram a chegar. Diante de tantas mulheres importantes e de destaques na agropecuária, compor essa lista é uma honra e felicidade, sobretudo representando a força feminina na Aquacultura”. 
 
A revista Forbes reconheceu o trabalho fundamental exercido pela professora em diferentes oportunidades, como no período de sete anos em que Cíntia atuou como diretora do Laboratório de Aquacultura da Escola de Veterinária da UFMG (Laqua). Em entrevista, a professora disse o seguinte sobre seu período no Laboratório: “Os 7 anos à frente do Laqua foram importantes pessoal e profissionalmente para entender e aprender sobre a gestão e administração institucional, gestão de pessoas, liderança, buscar soluções, alternativas e muito diálogo para gerir tudo de uma vez. Para o Laqua acredito que foram vários momentos diferentes enquanto estrutura que se organiza a cada dia mais, se insere nas discussões na EV, na UFMG, ele já é destaque nas diferentes áreas (pesquisa, ensino e extensão) dentro e fora da comunidade e cabe a todos nós todos darmos continuidade na história, crescendo cada vez mais dentro das nossas aptidões na Aquacultura”. 
 
Sobre a importância do trabalho exercido no Laqua, a professora falou o seguinte: “O Laqua já é reconhecido como uma infraestrutura da UFMG como Centro de Pesquisa, demonstrando sua importância para a própria universidade, é um órgão complementar a Escola de Veterinária, biotério, o principal centro de apoio de estudo, desenvolvimento de pesquisa na área de produção animal em Aquacultura do programa de pós-graduação em Zootecnia da UFMG, trabalhos conjuntos de pesquisa são realizados ainda com o programa de pós graduação em Ciência Animal, está inserida em vários projetos conjuntos na UFMG e fora dela, é o laboratório que mais recebe vivência, IC e pós-graduando para formação prática em Aquacultura, dos cursos da UFMG e de outras instituições, promove ações de  extensão como cursos de treinamento e repasse de tecnologia etc. 
 
Como se vê, são muitas as atividades, muitas vezes simultâneas e envolvendo técnicos, estudantes e docentes, um grande número de pessoas, o que exige uma gestão diretora dinâmica, conjunta e colaborativa.”
 
Atualmente, a professora preside a Sociedade Brasileira de Aquicultura e Biologia Aquática (Aquabio), instituição cuja criação foi “motivada pela necessidade de uma entidade que representasse a comunidade acadêmica científica da área, inexistente até então”, segundo a Aquabio. Cíntia deu o seguinte depoimento acerca do trabalho do órgão: “desde sua criação ela (a Aquabio) tem atuado na pesquisa junto a órgãos de fomento, participado e promovido discussões junto aos coordenadores de programas de pós-graduação, na participação junto ao setor das empresas, setor produtivo e órgãos governamentais, detém o tradicional e maior evento técnico científico na área o Aquaciência que acontece a cada 2 anos (obs: o evento em 2016 foi realizado pela UFMG por meio de professores da EV com grande sucesso), apoia eventos na área, apoia grupos de pesquisa e de trabalho etc. Para essas ações a atual gestão tem realizado reuniões mensais na elaboração e construção de estratégias que se atentem às necessidades ou anseios dos associados, ao mesmo tempo trabalha para se modernizar e acompanhar as mudanças dos setores com maior participação e diálogo com os elos da cadeia produtiva”.
 
A lista completa da Forbes pode ser acessada pelo o seguinte link.
 

 

Últimas Notícias

Outubro de 2023
D S T Q Q S S
01020304050607
08091011121314
15161718192021
22232425262728
293031

Eventos

Fique de Olho

Acompanhe a Escola