Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

contrast-40
lupa-40
Notícia

Informe semanal é a nova iniciativa dos professores da Veterinária na pandemia

Produzido por um grupo de professores e residentes da Escola de Veterinária em parceria com a Assessoria de Comunicação, o “Informe Semanal” tem como objetivo “fazer uma curadoria e considerações sobre as principais publicações, acadêmicas ou não, sobre a relação dos animais com o COVID-19” como informado em sua apresentação. 
 
De iniciativa dos professores do Setor de Saúde Pública, Danielle Ferreira, Camila Stefanie Fonseca e Rafael Nicolino, o projeto contou também em seu desenvolvimento com os residentes do Programa de Residência Integrada em Medicina Veterinária com ênfase em Saúde Pública, Gustavo Canesso e Antônio Barbosa da Silva Júnior, além dos membros da comissão de Medicina Veterinária do Coletivo do CRMV-MG.
 
Segundo a professora Camila Stefanie, “os professores encontram, lêem e selecionam os artigos e textos que julgam relevantes e compartilham, os residentes fazem o fichamento e uma análise crítica dos textos com linguagem acessível; os professores fazem as correções e os residentes fazem a formatação”. Ainda segundo ela, paras as próximas edições todos os demais tutores e residentes do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva serão incluídos no projeto. A edição atual é apenas um pontapé inicial. 
 
A primeira edição foca nas dúvidas relativas à possibilidade de contaminação dos nossos animais domésticos. Como já foi esclarecido aqui no site e reforçado pela professora Camila, a inexistência de evidências que comprovem que os pets, caso infectados, possam transmitir a humanos o vírus da Covid-19 faz com que os animais, sobretudo os bichanos, sejam considerados apenas vetores mecânicos, sendo preferido a utilização do termo fômites – objetos inanimados que transportam microrganismos patogênicos – para não gerar dúvidas e pânico desnecessário. Por isso é necessário, como frisado no Informe, que o acesso dos felinos às ruas seja evitado. 
 
Além dos gatos domésticos, o estudo também relata a contaminação dos felinos de grande porte do zoológico de Nova York, que testaram positivo para SARS-COV-2 na última semana. Camila pede pra frisar, entretanto, que todos os animais positivos, tanto de pequeno, quanto de grande porte, foram isolados, não existindo casos de transmissão da Covid-19 de felinos para humanos, e sim de humanos para felinos. 
 
Para a próxima edição o grupo planeja falar sobre a importância do Médico Veterinário nas ações de enfrentamento à pandemia, especialmente em função de estudos publicados sobre o tema essa semana. “Sugestões e considerações são muito bem vindas! O nosso e-mail para contato é saudepublicadaufmg@gmail.com” finaliza Camila. 

Últimas Notícias

Eventos

Fique de Olho

Acompanhe a Escola