Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG

contrast-40
lupa-40
Notícia

Escola de Veterinária da UFMG é destaque no XV Congresso da Abraves

Durante o XV Congresso da Abraves (Associação Brasileira de Veterinários Especialistas em Suínos), o professor Roberto Maurício Carvalho Guedes recebeu o Prêmio Mérito da Abraves por sua contribuição na área de sanidade na suinocultura brasileira e os alunos Felipe Masiero e Alessandra Dias receberam prêmios por seus trabalhos científicos nas apresentações orais. O evento aconteceu entre os dias 04 e 07 de outubro, em Fortaleza no Ceará.

O maior fórum técnico-cientifico na área de suinocultura da América do Sul discutiu informações nas áreas de nutrição, genética, reprodução e sanidade.  O evento contou com a presença de professores, estudantes, pesquisadores e técnicos especializados brasileiros e internacionais.

O Professor Roberto Maurício Guedes Carvalho, coordenador do colegiado de pós-graduação em Ciência Animal da Escola de Veterinária da UFMG, foi convidado para moderar o Painel de Sanidade do Congresso. Roberto destaca a importância do simpósio para a realização do intercâmbio de conhecimentos e tecnologias e de como as pesquisas produzidas que podem ser utilizadas nas atividades diárias dos veterinários. “Hoje, no Brasil, a melhor forma de disseminação de conhecimento para os veterinários é o Congresso da Abraves”, reafirma o professor.

O Prêmio Mérito Abraves é oferecido aos profissionais que contribuíram para o desenvolvimento dos estudos da suinocultura no Brasil. Roberto Guedes, vencedor da premiação neste ano, acredita que esse tipo de reconhecimento é importante para mostrar que a Escola de Veterinária volta a ser referencia nos estudos sobre suínos no Brasil, além de estimular a produção de mais pesquisas cientificas no campo, principalmente para os estudantes. Prova disso foi à premiação dos alunos Felipe e Alessandra com seus trabalhos científicos nas apresentações orais, em 2° e 3° lugar, respectivamente.

Felipe Masiero, doutorando em Ciência Animal, apresentou seu trabalho sobre isolamento e identificação de alguns clostrídios que causam diarreia em leitões de 0 a 7 dias. O objetivo era identificar a ocorrência das bactérias em granjas de porcos no Brasil. A partir daí, foi possível desenvolver uma vacina para prevenir o surgimento da doença, o próximo passo é produzir a vacina em maior escala e levá-la a granjas com problemas de diarreia em leitões recém-nascidos. Os resultados apresentados no Congresso se mostram concretos para a aplicação dos estudos na prática.

Mestre em Ciência Animal, a doutoranda Alessandra Dias destaca a importância do Congresso para os estudantes por causa da interseção no meio da suinocultura e a familiarização com o tema, além da absorção de novos conhecimentos. “O Congresso da Abraves é interessante também porque os produtores conseguem ver os avanços realizados nas pesquisas acadêmicas.”, reitera Alessandra, que recebeu o prêmio de 3° lugar pelo trabalho a respeito da influência das vacinas de um vírus na fase reprodutiva de porcas na gestação. Ela também considera que o Congresso é importante para divulgar o nome da Escola de Veterinária em âmbito nacional.

Entretanto o Congresso da ABRAVES também é importante para corrigir os defeitos no campo da suinocultura. Para o Professor Roberto Guedes, a Escola deveria fortalecer a estrutura de produção da Fazenda Experimental Professor Hélio Barbosa e criar uma unidade experimental na Fazenda Modelo de Pedro Leopoldo. Roberto acredita que é preciso investir no segmento de doenças infecciosas através de pesquisas e experimentos.

Últimas Notícias

Março de 2024
D S T Q Q S S
0102
03040506070809
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

Eventos

Fique de Olho

Acompanhe a Escola